Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  • A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação junto de outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • Os ficheiros para submissão encontram-se em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • Quando disponíveis, foram fornecidos URLs para as referências.
  • O texto está em espaço simples; usa fonte de 12 pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores, na secção Sobre a Revista.

         RACSaúde - Revista Angolana de Ciências da Saúde (Angola). Orientação aos autores. ISSN: 000-0000

         A “Revista Angolana de Ciências da Saúde" é um periódico  publicado semestralmente.                                                          ____________________________________________________________________             

NORMAS DE PUBLICAÇÃO
         A Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde desenvolve a sua actividade editorial de acordo com as normas dos manuais:
            • Directrizes para elaboração e apresentação dos trabalhos acadêmico-científicos nas Ciências da
              Saúde;
            • American medical Association (AMA) Manual of Style - A Guide for Authors and Editors. 10th Edition;
            • The Scientific Style And Format: The CSE Manual for Authors, Editors, And Publishers (CSE, Scientific Style and Format) 8th Edition;
            • NLM Style Guide for Authors, Editors, and Publishers, Scientific Style and Format (7th ed. Reston (VA): Council of cience Editors.

             e das seguintes instituições:

             • International Committee of Medical Journal Editors (clique para download das directrizes);
             • SHERPA/ROMEO. É uma revista de nível verde nesta base de dados em que o autor pode arquivar a versão preprint e postprint ou versão/PDF do editor;
             • COPE - Committee on Publication Ethics.
          A política editorial da Revista incorpora no processo de revisão e publicação as Recomendações de Política Editorial (Editorial Policy Statements) emitidas pelo Conselho de Editores Cientícos (Council of science Editors), que cobre responsabilidades e direitos dos editores das revistas com arbitragem científica.
_____________________________________________________________________

DOCUMENTOS EXIGÍVEIS NO ACTO DA SUBMISSÃO DOS MANUSCRITOS
         No acto da submissão dos manuscritos são exigíveis os seguintes documentos dependendo da natureza do manuscrito:
             • Carta de apresentação;
             • Os Editores ainda podem posteriormente exigir uma cópia do inquérito preenchido e/ou outros documento como Termo de Anuência Institucional (para os trabalhos de recolha de dados); vista a provar a veracidade das informações prestadas no manuscrito.

             Nota:  Após a aprovação do artigo é enviada pela Equipa Editorial da revista por email uma Declaração de Responsabilidade e Partilha dos Direitos Autorais, que deve ser assinada por todos os intervenientes da investigação.

______________________________________________________________________                                                                  Para a sumissão dos manuscritos requer cadastramento do Autor correspondente, este por sua vez deve cadastrar os restantes autores.                                                 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO DOS MANUSCRITOS (Avaliação por pares "Peer Review")
         A Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde segue um rigoroso processo de avaliação por pares, na modalidade double blind (duplo-cego) ou seja tanto o autor/es como o avaliador/es não são identificados entre si, cumprindo desta feita, com o princípio da imparcialidade Editorial, salvaguardando o tráfico de influências. O autor correspondente receberá notificação da acusação da recepção do manuscrito e decisões editoriais por email.
         Todos manuscritos recebidos são submetidos a uma avaliação prévia pelo Director e/ou Editores principais. Estes serão avaliados de acordo com os seguintes critérios:
         • Originalidade,
         • Actualidade,
         • Clareza de escrita,
         • Qualidade,
         • Método de estudo apropriado,
         • Dados válidos,
         • Conclusões adequadas e apoiadas pelos dados,
         • Importância,
         • Significância e
         • Contribuição científica para a área de conhecimento.

         O processo de avaliação dos artigos passa por quatro fases ou seja a avaliação obedece a uma cascata de 4 avaliadores denominados por Avaliadores ABC e eventualmente D.
         O Coordenador Editorial da Revista e/ou os Editor/es são deste modo designados como avaliador/es A, responsáveis por: decidir à porta de entrada se o manuscrito submetido tem potencialidade (atendendo a observância das Normas Editoriais), é original e não foi publicado em outra revista (detenção de plágio), para assim seguir ou não para avaliação pelos pares (peer review) para fins de publicação. 
          Os artigos aceites pela equipa de avaliadores (designados por Avaliadores A), serão eventualmente encaminhados aos membros da equipa Co – editorial, estes em sintonia com o Coordenador Editorial da Revista e/ou os membros da Equipa Editorial designarão relatores responsáveis pela avaliação dos artigos.
          Como mínimo apenas serão publicados os artigos avaliados positivamente por dois membros da Equipa Editorial Nacional e/ou Internacional designados por avaliadores B e C respectivamente, caso haja necessidade o manuscrito será submetido para avaliação por um quarto membro da equipa editorial designado por avaliador D.
Os critérios estabelecidos para avaliação dos trabalhos são:
              • Aceite sem alterações,
              • Aceite condicionada a pequenas ou grandes modificações,
              • Rejeitado,
         As razões para rejeição imediata sem peer review são: 
              • Plágio,
              • Falta de originalidade,
              • Interesse limitado para os Editores da Rev. Ang. de Ciências da Saúde,
              • Conter graves falhas científicas ou metodológicas,
              • Tópico não é coberto com a profundidade necessária,
              • É preliminar de mais e/ou especulativo,
              • Informação desactualizada.
         Em caso de rejeição da submissão, em até 4 semanas no máximo dependendo da demanda de manuscritos e disponibilidade da Equipa Editorial, o original será devolvido por via email ao autor correspondente, com os devidos exclarecimentos que estiveram na base da rejeição.
          À Equipa Editorial, reserva-se o direito a realizar adaptações nos manuscritos ao estilo da Revista e corrigir eventuais erros gramaticais, de grafia, de digitação, de normatização bibliográfica e gráfica, nos unitermos e key words, sem alterações do conteúdo dos artigos. * Estipula-se para este processo um plano temporal de 3 meses para pronunciamento por parte dos editores após a submissão*                      

          Logo após recebida a comunicação de aceitação de publicação pelo autor correspondente, este deve remeter de imediato, por correio electrónico, a Declaração de Responsabilidade e partilha dos direitos autorais, devidamente preenchido e assinada por todos os Autores.

         A Revista Angolana de Ciências da Saúde no seu processo de revisão ainda conta com revisores Ad hoc, ou seja, especialistas em determinadas áreas, que poderão ser consultados sempre que a situação assim o exigir. 

          Obs: A Revista Angolana de Cienc. da Saúde, dispõe de mecanismos próprios e claros, para a publicação de manuscritos que garantem imparcialidade por parte da submissão por qualquer um dos actores envolvidos no processo Editorial da Revista, quer sejam integrantes da Equipa Editorial ou não. 

________________________________________________________________

DIREITOS AUTORAIS (COPYRIGHT):

          Após a publicação dos artigos pela Revista, estes tornam-se propriedade conjunta desta e do autor, sendo vedada a reprodução total ou parcial em outros periódicos, bem como a tradução para outros idiomas sem a autorização do corpo directivo da Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde. Quando parte do conteúdo dos artigos são usados em outros trabalhos deve-se citar a fonte.

           A Revista não responsabiliza - se pelos conceitos e opiniões emitidos nos artigos, sendo esses de exclusiva responsabilidade dos autores. Daremos primazia aos artigos originais escritos. Aos artigos elaborados pelos estudantes dos cursos de Ciências da Saúde e áreas afins é exigível a tutela de um profissional qualificado (Docente, Médico, Médico Veterinário, Biomédico, Farmacêutico, etc…) responsável por cada artigo.

           À Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde, reserva-se o direito de usar o artigo de acordo com a Licença Creative Commons (CC BY 4.0) enquanto parte integrante a revista. Após publicação na Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde, os autores são autorizados a disponibilizar os seus artigos em repositórios das suas instituições de origem, desde que mencionem sempre onde foram publicados.

           Todos os artigos publicados pela Revista adoptam a Licença Creative Commons (CC BY-NC- SA 4.0) .

_________________________________________________________________

DETECÇÃO DE PLÁGIO
            A RACSAÚDE, usa o sistema de detecção de plágio. Recomenda-se aos avaliadores a consultarem os endereços abaixo, para comprovação da originalidade dos trabalhos e/ou usar outro método comprovado cientificamente, desde que, informado ao corpo directivo da revista:
               • http://www.Turnitin.com;
               • http://www.Ithenticate.com;
               • http://www.Plagiarism-detect.com;
               • http://www.www.plag.pt;
               • http://www.plagiarism-detect.com;
               • http://plagiarisma.net/es;
               • https://www.paperrater.com/plagiarism_checker.

____________________________________________________________________

CONFLITOS DE INTERESSE
        Os Autores devem declarar potenciais conflitos de interesse, estes são obrigados a divulgar todas as relações financeiras e pessoais que possam enviesar o trabalho. Para prevenir ambiguidade, os autores têm que explicitamente mencionar se existe ou não conflitos de interesse. Esta informação não influenciará a decisão editorial mas, antes da submissão do manuscrito, os autores têm que assegurar todas as autorizações necessárias para a publicação do material submetido. Se os autores têm dúvidas sobre o que constitui um relevante conflito de interesse financeiro ou pessoal, devem contactar o Corpo Directivo da Revista.

____________________________________________________________________

ÉTICA
         Toda matéria relacionada à investigação humana e à pesquisa animal deve ter aprovação prévia da Comissão de Ética da Instituição onde o trabalho foi realizado, devendo os autores apresentarem o número de protocolo de submissão e aprovação dos trabalhos em Comissão de Ética e/ou Bem-Estar Animal, de acordo com as recomendações da Declaração de Helsinque (1964 e suas versões posteriores de 1965, 1983 e 1989), as Normas Internacionais de Proteção aos Animais. Todos os doentes (ou seus representantes legais) que possam ser identificados nas descrições escritas, fotografias e vídeos deverão assinar um formulário de consentimento informado para descrição de doentes, fotografia e vídeos. Estes formulários devem ser submetidos com o manuscrito. A Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde considera aceitável a omissão de dados ou a apresentação de dados menos específicos para identificação dos doentes, contudo, não aceitaremos a alteração de quaisquer outros dados relevantes. 

__________________________________________________________________

IDIOMA
         Os artigos devem ser redigidos em Língua Portuguesa ou Inglesa , aceitaremos a publicação de artigos em Língua Espanhola desde que notificado com antecencia o corpo directivo da Revista. Para os artigos redigidos em Língua Portuguesa e Espanhola os títulos assim como os resumos têm de apresentar-se sempre na língua de redação do manuscrito e em língua inglesa.

____________________________________________________________________

POLÍTICA DE ACESSO E DE PRIVACIDADE
        Esta revista adopta a política de Acesso Aberto, livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.
        Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.       

___________________________________________________________________

FUNDO
         A RACSAÚDE manterse-á funcional mediante:
             • A comparticipação de uma taxa anual pela Equipa Editorial (quando aplicável),
             • A comparticipação dos autores, por meio da cobrança de uma taxa de publicação definida e
               publicada anualmente,
             • Financiamento de projectos de investigação que tenham algum retorno para revista.
             • Financiamento proveniente de instituições Governamentais não.

___________________________________________________________________

TAXA DE PROCESSAMENTO DOS ARTIGOS (APC)
         Após aceitação do manuscrito para publicação, serão cobradas Taxas de Processamento dos Manuscritos (APC) cujo valor é anunciado nesta página .

         Dados bancários para transferência Bancária (em actualização):

         Dados bancários para depósito (Em actualização):

          OBS: As primeiras edições estarão isentas de pagameno de quaisquer taxas...                                                           Caso não possa arcar com as taxas descritas, notifique a Equipa Editorial , pois, longe do interesse da Revista impedir a publicação de trabalhos de relevância por dificuldade de liquidação da APC por parte do/s autores.

____________________________________________________________________                                    

                                                                                                        RACSaúde